Tags

,

castelosãojorge

Muitos devem-se já ter questionado o porquê de Lisboa ser chamada de cidade das sete colinas. Se não sabe o porquê, ou se está curioso, vamos desvendar o mistério.

À beira do rio Tejo, Lisboa foi sendo construída sobre colinas desde há mais de dois mil anos. Se olhar para a o desenho da cidade, irá reparar no seu declive acentuado e nas inúmeras subidas e descidas existentes.

A primeira citação alusiva às sete colinas de Lisboa pode ser encontrada no Livro das Grandezas de Lisboa, de Frei Nicolau de Oliveira no ano de 1620 – «as sete colinas sobre as quais estava assente Lisboa». Embora seja conhecida por sete colinas, a realidade é que hoje a cidade cresceu ocupando por isso muitas mais numa área de cerca de 100 km².

As 7 colinas tidas em conta são:

1- Colina de Santa Catarina – Uma colina com vista para o mar, que vai atualmente do Largo de Camões até à Calçada do Combro. Nesta colina faziam morada os marinheiros e calafates. Podem ser contemplado alguns exemplares de arte sacra e azulejaria;

2- Colina das Chagas – os marinheiros que iam com rumo à India edificaram uma igreja que louvava e contemplava as chagas de Cristo. Hoje esta área corresponde ao Bairro do Carmo. Nesta colina encontram-se alguns dos edifícios mais antigos de Lisboa;

3- Colina de São Roque – diz respeito ao típico e pitoresco Bariro Alto onde pode visitar o Miradouro de São Pedro de Alcântara;

4 – Colina de Sant’Ana – colina mais central de Lisboa é definida pelo leito das ribeiras de Valverde e Arroios. Catarina de Bragança, viúva de Carlos II de Inglaterra, passa a viver aqui num paço mandado erguer para o efeito e que foi usado mais tarde como residência por alguns dos reis de Portugal. Esta estadia real eleva o estatuto social da colina de Sant’Ana, nomeadamente em redor do terreiro que se vai definindo com a construção de diversos palácios.

5 – Colina de São Jorge – a mais alta entre as sete (na realidade é a colina da Graça que é contínua a esta que é a mais alta colina de Lisboa, mas não foi incluída na época). Acredita-se que aqui nasceu o primeiro povoado que deu origem à cidade de Lisboa. A sua área inclui os bairros da Mouraria, do Castelo e parte de Alfama. A colina do Castelo sobe desde o Tejo até ao Castelo dos Mouros.

6 – Colina de Santo André – foi eleita pelas famílias nobres onde se vieram a instalar, construindo quintas e casarios que mais tarde deram lugar a palácios que se localizam sobretudo ao longo das calçadas da Graça e Santo André

7 – Colina de São Vicente – onde fica o atual Bairro de Alfama e o Convento de São Vicente de Fora.

Aproveite para descobrir e desvendar o encanto de cada uma das colinas!

Anúncios